29.6.09

"Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele me disse essa verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor nos dá asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem faceira,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do seu coração."

 

 William Shakespeare

link do postPor papeisdebolso, às 15:25  ver comentários (1) comentar

Good Charlotte é uma banda dos Estados Unidos, do estilo Pop Punk.

Foi formada em 1996 e lançou seu primeiro álbum em 2000.

Muitas tours fizeram Good Charlotte refinar seu som e visão, desenvolvendo uma base de fãs movida pela poderosa energia da banda e sua objetividade. O seu publico alvo são os adolescentes.

As letras das músicas contam sempre uma história que cativa muito o ouvir das músicas.

 

Deixo-vos um exemplo de uma música.

Espero que gostem!

 

Good Charlotte - The Truth

 

link do postPor papeisdebolso, às 14:57  comentar

11.6.09

À algum tempo que não escrevo aqui... Mas não me esqueci do blog!

Agora que voltei para escrever, acho que ele precisava de uma mudança.

E foi isso que fiz!

 

Está simples, mas era assim que queria.

O que acham do novo "visual" do blog?

 

link do postPor papeisdebolso, às 21:57  ver comentários (1) comentar

31.3.09

Vou falar sobre um livro que tem dado muito tema de conversa, principalmente entre os jovens. O livro chama-se: Crepúsculo de Stephenie Meyer e faz parte da saga" Luz e escuridão".

 

Este conta-nos a história de uma rapariga chamada Bella que vai viver para Forks, com o pai. Na escola desta pequena localidade, encontra uma família de aspecto estranho, a família Cullen. Mas, Bella é atraída por um elemento dessa família, pelo Edward Cullen.

Este namoro, traz perigo para a vida de Bella e do seu pai. Um simples jogo de basebol pode mudar a vida de Bella para sempre.

 

Aconselho, vivamente, a lerem o livro e o resto da saga.

 

Também, já puderão ver em filme. A sua saída em DVD está prevista para dia 8 de Abril.

 

Boa Leitura!

 

 

 

 

 

link do postPor papeisdebolso, às 22:25  comentar

9.2.09

“Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso, Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém. Já abracei para proteger, Já ri quando não podia, Já fiz amigos eternos, Já amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, Já fui amado e não soube amar. Já gritei e saltei de tanta felicidade, Já vivi de amor e fiz juras eternas,mas "quebrei a cara" muitas vezes! Já chorei a ouvir música e a ver fotos, Já liguei só pra escutar uma voz, Já me apaixonei por um sorriso, Já pensei que fosse morrer de tanta saudade e......tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)! Mas sobrevivi! E ainda vivo! Não passo pela vida... e você também não deveria passar. Viva!!!

Bom mesmo é ir à luta com determinação, Abraçar a vida e viver com paixão, Perder com classe e vencer com ousadia, Porque o mundo pertence a quem se atreve E A VIDA É MUITO para ser insignificante"

Charles Chaplin - Vida

link do postPor papeisdebolso, às 16:57  comentar

Restava-lhe apenas as suas recordações... Uma vida inteira reduzida agora a uma fotografia e um cartão de identidade. De que lhe valera lutar pelo seu país? Partira sem saber que seria pai.. Uma criança, fruto de um enorme amor, mas que nunca conheceria o pai, vítima de uma guerra que não era a dele, vitima de um inimigo cobarde que actuava pela calada da noite sem nunca enfrentar frente a frente os olhos do seu opositor.

Acordara naquela madrugada fria e cinzenta com um suor gelado que lhe percorria o corpo. Algo acontecera com Luís. Tinha a certeza. Insistira tanto para que ficasse a seu lado mas o seu dever patriótico falou mais alto que o amor pela sua jovem mulher e partira naquela tarde com a promessa de voltar são e salvo. Seria a sua última missão após a qual se iria retirar do Corpo de Intervenção Internacional.

Ouvira o pesado carro parar à entrada de casa. Os passos firmes, típicos de militar e de seguida a campainha. Reconheceu Joaquim e de imediato procurou Luís talvez escondido atrás do grande porte do amigo. As lágrimas escorriam pelo rosto de Joaquim e então tudo percebeu... Era o fim! Luís tinha sido mais uma vitíma da guerra e agora deixara a para sempre...

link do postPor papeisdebolso, às 16:49  ver comentários (1) comentar

13.9.08

Caminha placidamente entre o ruído e a pressa. Lembra-te de que a paz pode residir no silêncio.
Sem renunciares a ti mesmo, esforça-te por seres amigo de todos.
Diz a tua verdade quietamente, claramente.
Escuta os outros, ainda que sejam torpes e ignorantes; cada um deles tem também uma vida que contar.
Evita os ruidosos e os agressivos, porque eles denigrem o espírito.
Se te comparares com os outros, podes converter-te num homem vão e amargurado: sempre haverá perto de ti alguém melhor ou pior do que tu.
Alegra-te tanto com as tuas realizações como com os teus projectos.
Ama o teu trabalho, mesmo que ele seja humilde; pois é o tesouro da tua vida.
Sê prudente nos teus negócios, porque no mundo abundam pessoas sem escrúpulos.
Mas que esta convicção não te impeça de reconhecer a virtude; há muitas pessoas que lutam por ideais formosos e, em toda a parte, a vida está cheia de heroísmo.
Sê tu mesmo. Sobretudo, não pretendas dissimular as tuas inclinações. Não sejas cínico no amor, porque quando aparecem a aridez e o desencanto no rosto, isso converte-se em algo tão perene como a erva.
Aceita com serenidade o cortejo dos anos, e renuncia sem reservas aos dons da juventude.
Fortalece o teu espírito, para que não te destruam desgraças inesperadas.
Mas não inventes falsos infortúnios.
Muitas vezes o medo é resultado da fadiga e da solidão.
Sem esqueceres uma justa disciplina, sê benigno para ti mesmo. Não és mais do que uma criatura no universo, mas não és menos que as árvores ou as estrelas: tens direito a estar aqui.
Vive em paz com Deus, seja como for que O imagines; entre os teus trabalhos e aspirações, mantém-te em paz com a tua alma, apesar da ruidosa confusão da vida.
Apesar das tuas falsidades, das tuas lutas penosas e dos sonhos arruinados, a Terra continua a ser bela.
Sê cuidadoso.

Luta por seres feliz.
(Inscrição datada do ano de 1692. Foi encontrada numa sepultura, na velha igreja de S. Paulo de Baltimore - hoje já não se pensa que seja esta a origem, mas assim é mais bonito...)

link do postPor papeisdebolso, às 23:30  ver comentários (1) comentar

10.9.08

Um livro é sempre uma boa companhia e por isso algo que gostariamos de encontrar dentro do nosso pequeno bolsinho. Tendo em consideração este desejo, surgiu a ideia de todos os meses sugerirmos um livro que vos pode acompanhar ao longo do mês.

 

O livro escolhido para este mês é "O Amor nos tempos de cólera" do escritor Gabriel Garcia Marquez, publicado em 1985.

 

Este retrata a vida de um homem que se apaixona perdidamente por uma mulher... No entanto são afastados pelo pai dela mas, quando ela retorna, nada mais quer com ele. Ele passa a acompanhar sua vida,durante 51 anos, sonhando com o momento em que ficarão juntos. É um romance onde se funde o díficil triunfo do amor com as aventuras e desventuras da própria felicidade humana.

 

A história já foi adaptada ao cinema, tendo estado em exibição este ano nas salas de cinema de todo o país. O filme conta com a participação de Javier Barden (o protagonista do tão polémico filme " Mar Adentro" que foca a questão da eutanásia) e com Shakira na banda sonora, dando voz a três canções da trama.

 

 

 

 

Gostariamos que partilhassem connosco a vossa opinião sobre o livro!

                                                   Boa Leitura!

link do postPor papeisdebolso, às 00:18  comentar

4.9.08

 

Mamma Mia!

Embarca numa festa inesquecível!

Esta é a história de uma jovem noiva (Amanda Seyfreid) que quer encontrar o seu verdadeiro pai.

Para o seu casamento, e para desespero de sua mãe (Meryl Streep), convida os três potenciais “candidatos” (Colin Firth, Pierce Brosnan e Stellan Skarsgard).

Realizado por Phyllida Lloyd, este filme apresenta os sucessos dos anos 70 do Grupo ABBA, protagonizados pelos actores Meryl Streep, Colin Firth, Pierce Brosnan, entre outros.

«Mamma Mia!» estreia nos cinemas a 4 de Setembro e promete ser a comédia mais refrescante deste Verão!

 

 

Realização: Phyllida Lloyd

Com: Meryl Streep, Colin Firth, Pierce Brosnan, Stellan Skarsgard, Amanda Seyfreid, Julie Walters, Christine Baranski, Dominic Cooper

Site português: Mamma Mia!

Género: Comédia/Musical

Classificação: M/6

R.Unido/EUA/Alemanha, 2008

108 min

 

Por isso tirem as calças à boca de sino do armário, soltem os cabelos e divirtam-se ao som das contagiantes músicas dos ABBA!!

 

 

 Não percam!!!

 

link do postPor papeisdebolso, às 15:43  ver comentários (1) comentar

1.9.08

Nas minhas últimas idas ao cinema tive o prazer de descobrir uma nova história. E não estou a falar do argumento do filme; estou a falar da "The Story". De certeza que já todos conhecem aquela música que acompanha o anúncio da Super Bock e que para mim é o anúncio mais aguardado desde que desligam as luzes da sala do cinema.

A cantora Brandie Carlile é a autora desta fantástica música que tem feito sucesso náo só em território português, onde nos brindou com a sua presença no Festival Sudoeste, na Zambujeira do Mar; como também um pouco por todo o mundo.

Para  melhor conhecermos a voz por detrás deste enorme sucesso deixou vos alguns dados sobre a cantora:

- Nasceu em 1 de julho de 1981 em Ravensdale, Washington;

- Assinou o seu primeiro albúm com  a Columbia Records em 2004:

- Vocalista, guitarrista e pianista, a sua música não assume um único estilo tendo sido categorizada em variadas formas tais como pop, rock, country alternative, indie e folk...

 

E aqui está o motivo de todo este grande sucesso, "The Story", do álbum com o mesmo nome lançado em 2007

 
The Story
All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you
I climbed across the mountain tops
Swam all across the ocean blue
I crossed all the lines and I broke all the rules
But baby I broke them all for you
Because even when I was flat broke
You made me feel like a million bucks
You do
I was made for you
You see the smile that's on my mouth
It's hiding the words that don't come out
And all of my friends who think that I'm blessed
They don't know my head is a mess
No, they don't know who I really am
And they don't know what
I've been through like you do
And I was made for you...
All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you

 


link do postPor papeisdebolso, às 15:49  comentar


 
mais sobre mim
Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
30


Papéis amarrotados
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO